Para Kassab, Lei Cidade Limpa devolveu confiança a SP

Na última pergunta do bloco no debate da noite de hoje realizado pela Bandeirantes, o prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Gilberto Kassab (DEM), escolheu o concorrente Ciro Moura (PTC). "É quem sobrou", disse, arrancando risos da platéia. Kassab perguntou a opinião de Moura sobre a Lei Cidade Limpa e afirmou que a sociedade paulistana "recuperou a confiança" com a ação. "A voz do povo é a voz de Deus. Se a população aprovou, está aprovado. É preciso tratar da poluição visual e ar é importante. Mas se fala muito em números", disse o candidato do PTC a prefeito de São Paulo. Moura criticou o que chamou de "falta de qualidade" das questões no debate e, na réplica, perguntou ao prefeito de São Paulo se ele havia idealizado algum projeto para atender aos menos necessitados e quem teve prejuízo com a lei. "Teve incentivo no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano)", disse Kassab, que voltou a ressaltar a "confiança" do morador recuperada com a lei. Na tréplica, Moura criticou, novamente: "Fala-se muito em números, quero falar de qualidade. Sou antigo e tenho sonho. Estou aqui porque tenho de devolver a essa cidade o que ela já me deu."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.