Para Jucá, não é momento de discutir reparte da CPMF

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou que o momento de discussão do compartilhamento da arrecadação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) com os estados e municípios não é agora, mas na discussão da reforma tributária. "Até porque, na reforma tributária vai se construir outros impostos. E eu defendo que na reforma tributária se possa compartilhar toda a receita", afirmou Jucá, ao deixar o Ministério da Fazenda, onde se reuniu com Guido Mantega para discutir alternativas que viabilizem a aprovação da emenda constitucional que prorroga a cobrança da CPMF até 2011. Questionado se seria uma grande coincidência a presença, hoje, de vários governadores do Nordeste para reuniões com o ministro da Fazenda, justamente no mesmo dia de negociação de alternativas à CPMF, Jucá respondeu: "eu acho que as coincidências são todas boas e podem ser trabalhadas positivamente".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.