Para governador de SP, Serra venceu Dilma no debate

Alberto Goldman classificou encontro desta quinta-feira como 'bom e um pouco morno ainda'

Rejane Lima, da Agência Estado,

06 de agosto de 2010 | 13h15

SANTOS - O governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), classificou como "bom e um pouco morno ainda" o debate entre os candidatos à Presidência da República realizado na noite de ontem na TV Bandeirantes, em São Paulo. Goldman, que hoje participou da inauguração de uma nova unidade do Corpo de Bombeiros em Santos, na Baixada Santista, afirmou que o programa mostrou a superioridade de seu antecessor no Palácio dos Bandeirantes, José Serra (PSDB), em relação à candidata do PT à presidência, a ex-ministra Dilma Rousseff.

"Achei a ex-ministra muito vacilante, não tendo conhecimento amplo, pleno de todos os problemas e evidentemente o Serra, com toda a experiência que tem, todo o conhecimento que tem, teve facilidade no trato." O governador, porém, afirmou que o debate "foi de bom nível". Segundo ele, o formato do programa não permitiu "um debate efetivo" por causa das regras estabelecidas pela Justiça Eleitoral, mas ele acredita que isso deva mudar no segundo turno.

"Na realidade, o debate deveria ser um debate efetivo, e que terá que ser em algum momento, talvez no segundo turno. Imagino que nós tenhamos segundo turno, daí vai ser exatamente o confronto entre Serra e Dilma, provavelmente esse será o que vai mais contribuir para o esclarecimento", explicou o tucano, que não encontrou nenhum ponto negativo no debate para ser citado. Já como "ponto positivo" destacou "a boa relação de civilidade entre os candidatos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.