Para Genoino, Serra é símbolo de pessimismo e derrotismo

O presidente nacional do PT, José Genoino afirmou hoje que o candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSDB, José Serra, é ?símbolo de pessimismo e derrotismo? e ?uma metralhadora giratória?. Ele atribuiu em parte a subida da prefeita Marta Suplicy nas pesquisas, antes mesmo do início do horário eleitoral gratuito da televisão, aos ataques de Serra. Em contrapartida, diz ele, ?Marta é o símbolo do otimismo e da alegria?. ?Serra só reclama, é mal-humorado e derrotista?. ?A população começa a identificar isso?. Genoino afirmou que os ministros irão participar da campanha municipal ?em rodízio? e de acordo com suas agendas. Primeiramente nas capitais governadas pelo PT, em seguida nas capitais onde o partido está bem posicionado. Recife, por exemplo, deverá ser visitado pelos ministros José Dirceu, Olívio Dutra (Cidades) e Antonio Palloci (Fazenda), além do pernambucano Humberto Costa (Saúde). Ele garantiu que o PT não tem o dilema de federalizar ou não a campanha municipal, mas frisou que para mudar o Brasil é importante mudar a cidade e observou não haver como ?separar o (presidente) Lula do PT e o PT do (presidente) Lula?. Genoino também afirmou que o PT não recebe doações ?indiretas? através dos seus diretórios para repassar para as campanhas municipais. Ele disse que o partido segue com rigor a lei eleitoral e que o orçamento do partido está todo comprometido com material institucional do PT e cadernos sobre as administrações petistas, entre outras ações. O presidente nacional do partido fez estas declarações em entrevista durante um almoço em uma churrascaria da cidade, com o prefeito João Paulo, candidato à reeleição, seu secretariado, empresários que apóiam ou são candidatos do PT nestas eleições, o ministro da Saúde Humberto Costa, deputados federais e estaduais pernambucanos. A taxa de adesão custou R$ 25,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.