Para Genoino, governo retomou agenda positiva

O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), José Genoino, disse hoje considerar que o governo "retomou definitivamente" a agenda positiva de 2004. Por esta razão, reiterou, em entrevista ao site da legenda (www.pt.org.br), que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez críticas "mal-intencionadas" à administração de Luiz Inácio Lula da Silva. "Elas (críticas) demostram que o ex-presidente está ensaiando seu retorno à política", comentou Genoino.Em artigo publicado ontem pelo jornal O Estado de S. Paulo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso atacou "a falta de um projeto de longo prazo para efetuar mudanças que já estavam em curso nas políticas sociais e na máquina estatal".Segundo o presidente do PT, o discurso de FHC, é típico "de oposição que não reconhece o que o governo faz. É um discurso mal-intencionado". "Não tivemos nenhuma paralisia no Congresso, que não está com sua agenda parada. E este ano o governo anunciou vários projetos estratégicos nas áreas de habitação e saneamento; aumentou o crédito popular, os recursos para a reforma agrária e para a recuperação das estradas. Agora, anunciou a política industrial", observou Genoino.Em relação ao caso Waldomiro Diniz, o presidente do PT reiterou que considera que o episódio está sendo tratado com seriedade pelo governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.