Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Para garantir votação e apuração, Forças Armadas atuam em 513 locais

Mais de 26 mil homens trabalham em operação especial montada a pedido do TSE

Nicholas Shores, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2018 | 16h52

SÃO PAULO - Por solicitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as tropas das Forças Armadas estão atuando em operações de Garantia da Votação e Apuração (GVA) em 513 localidades de 11 Estados, informou há pouco o Ministério da Defesa.

O Piauí é a unidade da federação com o maior número de locais de votação atendidos por militares do Exército, da Aeronáutica e da Marinha: 134. Em seguida vêm Rio Grande do Norte, com 97 localidades, Maranhão, com 72, e Rio de Janeiro, com 69.

Segundo comunicado da pasta comandada pelo general Joaquim Silva e Luna, mais de 26 mil integrantes das Forças Armadas estão "espalhados pelo País para garantir à população o direito ao voto onde quer que ela esteja", com 31 aeronaves, 2.280 viaturas e 146 embarcações.

"Há uma análise do TSE das áreas que têm alguma deficiência, que possa se apresentar algum tipo de problema, e nós procuramos atender todas as demandas que eles nos apresentam", afirmou, em nota, o subchefe de Operações do Ministério da Defesa, almirante Newton Neto de Almeida Costa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.