Ellan Lustosa
Ellan Lustosa

Para Freixo, decisão mostra que governo é 'ilegítimo'

Deputado é autor de ação no TRE-RJ que cassou mandato de governador e vice

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2017 | 19h57

RIO - O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) afirmou nesta noite, 8, que que a cassação do mandato do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do vice-governador Francisco Dornelles (PP), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), demonstra que o governo fluminense é "ilegítimo". 

"É um governo ilegítimo, que foi eleito com abuso do poder econômico", disse Freixo, no plenário da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Candidato a prefeito ano passado, Freixo foi derrotado no segundo turno pelo senador Marcelo Crivella (PRB). 

O deputado é também o autor da ação no TRE-RJ que resultou na cassação. A decisão do tribunal, porém, só terá efeito após o julgamento do último recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Já o presidente da Alerj, Jorge Picciani (PMDB), disse que a decisão representa um "enfraquecimento político" do governo. "É ruim, porque é um enfraquecimento político do governador", disse Picciani, no plenário da Alerj. "Espero que a decisão se reverta", completou Picciani, ressaltando que não tomou conhecimento sequer do teor da ação no TRE-RJ. 

O deputado reconheceu ainda que a decisão do TRE-RJ pode embasar pedidos de impeachment. "Nessa situação política, tudo é combustível", disse Picciani.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.