Para Fiesp, decisão do TSE inicia reforma política

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de verticalizar as alianças políticas nas eleições foi encarada pela Federação das Indústrias do Estado São Paulo (Fiesp) como um "avanço no sistema político-partidário brasileiro, do ponto de vista conceitual", segundo o presidente da entidade, Horácio Lafer Piva. Ele acredita que a decisão do TSE é o primeiro passo para a reforma política. Piva, no entanto, acha que as novas regras podem "bagunçar" as eleições deste ano, por terem sido estabelecidas em cima da hora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.