Para FHC, rivais tucanos em São Paulo 'não estão com nada'

Declaração do ex-presidente se refere à pesquisa Datafolha, segundo a qual Alckmin lidera a disputa em 2008

EDUARDO KATTAH, do Estadão, Agencia Estado

13 de agosto de 2007 | 20h17

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, afirmou hoje que os adversários dos tucanos estão por baixo, ao comentar a última pesquisa Datafolha, na qual o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) lidera a disputa pela prefeitura de São Paulo em 2008. "Os dados mostram, sobretudo, que os adversários nossos em São Paulo não estão com nada", disse FHC, ao participar do seminário "Um Novo Modelo de Gestão Pública para o Brasil", em Belo Horizonte, que reuniu os principais líderes do PSDB. Apesar da declaração, o ex-presidente ressaltou que é "muito cedo" e pesquisa é "momento". A exemplo do governador José Serra (SP), ele destacou o índice de aprovação da gestão do prefeito Gilberto Kassab (DEM). E disse que o partido não apóia abertamente o nome de Alckmin porque ele "nunca se declarou candidato". "Mas se o Alckmin for candidato, o PSDB apóia". Alckmin tratou com cautela os números e evitou comemorações. "É cedo ainda. A eleição municipal é só no ano que vem. É preciso ouvir o povo e o partido. Tudo ao seu tempo", disse. Questionado se sairá candidato, afirmou que está sempre animado a "servir ao povo". "Mas nenhuma decisão em relação à candidatura".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.