Para FHC, disciplina de gastos dá credibilidade ao Brasil

Um dia depois de ter anunciado um corte definitivo de mais R$ 4 bilhões no Orçamento, o presidente Fernando Henrique Cardoso disse hoje, em discurso na cerimônia de entrega de aviões que serão usados no projeto Sivam, que a "disciplina orçamentária às vezes impõe medidas duras e realistas". Segundo ele, essas medidas mostram que o Brasil atual é capaz de ter disciplina nos gastos, o que lhe dá "credibilidade".A declaração do presidente foi feita ao comentar o desenvolvimento tecnológico e os investimentos do Brasil para a criação do projeto Sivam, que vai ter, entre várias funções, a proteção e segurança do território brasileiro, do meio ambiente e do espaço aéreo. "O Brasil tem dados passos enormes no sentido do progresso tecnológico e do desenvolvimento. Isso passa pela disciplina orçamentária que às vezes nos impõe disciplinas duras e realistas".FHC disse ainda esperar que os militares - que anunciaram há cerca de duas semanas cortes nas despesas - superem as dificuldades atuais para o desenvolvimento tecnológico e para as restrições do orçamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.