Para FHC, apoio do PMDB a Kassab enfraquece Marta

Em seguida, no entanto, o ex-presidente admitiu que a adesão do PMDB abriu mais espaço para Kassab

PAULA PULITI, Agencia Estado

25 de abril de 2008 | 14h06

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso negou nesta sexta-feira, 25, que o apoio do PMDB à candidatura do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), enfraqueça a candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) à prefeitura da capital paulista. "Esse apoio enfraquece a candidatura de Marta (Suplicy, do PT), porque esse apoio iria para ela", afirmou Fernando Henrique. Em seguida, no entanto, o ex-presidente admitiu que a adesão do PMDB abriu mais espaço para Kassab.Veja também:      'Não creio que vou disputar sem o PSDB', diz Kassab  PT veta aliança com PSDB em BH por causa de Aécio  Chinaglia: apoio de PMDB a Kassab enfraquece Alckmin  Partido agora quer apressar lançamento de Marta  Apoio de PMDB formaliza candidatura de Kassab à reeleição Fernando Henrique desmentiu que defende a desistência de Geraldo Alckmin, embora acredite que seria melhor haver unidade na disputa à Prefeitura de São Paulo. "Só que para isso não vejo caminho. E se não der, é importante a possibilidade de uma aliança no segundo turno", afirmou.O ex-presidente disse que tem freqüentemente conversado com Geraldo Alckmin sobre essa questão. No entanto, a posição do ex-governador é de que está na frente e tem condições de ganhar. "É difícil argumentar com o mais forte que ele tem de abrir mão de sua candidatura", admitiu.Fernando Henrique também afirmou que o partido avalia que Alckmin tem condições de ganhar a Prefeitura paulistana. Questionado sobre o que o PSDB decidiria caso tivesse de definir sua posição hoje, Fernando Henrique respondeu: "Haveria dois candidatos", referindo-se a Geraldo Alckmin pelo PSDB e Gilberto Kassab pelo DEM.       De qualquer forma, Fernando Henrique afirmou que o quadro ainda pode mudar. O ex-presidente participou de cerimônia inauguração do centro logístico dos grupos Luft e Bomi para a área da saúde, na cidade de Itapevi (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.