Para empresários, Mercosul deve perder prioridade

O agravamento da crise mundial desperta um novo movimento entre os empresários. Dispostos a buscar um estreitamento nos laços comerciais com a Europa, o sentimento agora é de que o Brasil deve buscar acordos bilaterais com a União Européia, livrando-se das amarras do Mercosul."O Mercosul ficou um pouco paralisado. A sensação é de que o Brasil está com uma bola de ferro no pé. O Brasil deve fazer acordos bilaterais. O Mercosul já teve seu tempo", disparou o presidente do Conselho Administrativo da Sadia e ex-ministro Luiz Fernando Furlan. O coro é engrossado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.