Para Dilma, PT deve manter união com PMDB

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do Planalto à sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva, cortejou ontem o PMDB, partido que mais prefeitos elegeu. "Acredito que para o governo é muito importante que esta aliança PT-PMDB se mantenha", disse. A ministra não escondeu que gostou da experiência nos palanques de candidatos do PT nas eleições municipais. Em entrevista ontem após participar do programa de rádio e televisão Bom Dia Ministro, na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), ela avaliou que foi positiva sua participação nas campanhas. "Gostei muito de participar das eleições, pois dá uma visão do País muito boa." LEONENCIO NOSSA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.