Para Dilma, investimentos em transporte vieram com Lula

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 18, que antes do governo dela e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo federal não investia em mobilidade urbana. Segundo Dilma, isso ocorreu porque era convencionado que transporte coletivo era de responsabilidade das prefeituras e dos Estados. "Esse (mobilidade urbana) é um problema dos brasileiros, então é um problema do governo federal também."

RENAN CARREIRA E CARLA ARAÚJO, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 12h50

A presidente disse que "já colocamos R$ 89 bilhões para mobilidade urbana, em 192 obras, em 100 cidades médias e grandes". A verba, de acordo com Dilma, é destinada para a construção de metrô, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), corredor de ônibus, entre outras obras. Ela afirmou que a vida de todos melhora quando se dá qualidade ao transporte público.

Dilma está em Fortaleza para participar da inauguração das estações Chico da Silva e José de Alencar da linha sul do metrô da cidade. Mais tarde, ainda na capital cearense, Dilma comparece à cerimônia de formatura de 2,4 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaCEmobilidade urban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.