Para Dilma, Curitiba já foi modelo de mobilidade urbana

A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta terça-feira, 29, que Curitiba já foi um modelo de mobilidade urbana e agora precisa de aprimoramento. Segundo ela, o governo federal vai investir R$ 1,8 bilhão no metrô da capital paranaense, que terá 17 quilômetros. A presidente disse que o governo ainda vai financiar R$ 1,4 bilhão, com 30 anos de amortização, cinco anos de carência e juros (TJLP mais 2,5%). "Sem essa estrutura, não conseguiríamos fazer uma obra desse porte."

BEATRIZ BULLA E RENAN CARREIRA, Agência Estado

29 Outubro 2013 | 15h52

Em discurso durante cerimônia de anúncio de investimentos do PAC Mobilidade Urbana, a presidente Dilma Rousseff disse que aportes em transporte público exigem esforços das três esferas de governo: prefeitura, governo estadual e União. "Melhorar o transporte urbano é interesse de toda a população das cidades."

Mais conteúdo sobre:
DilmaPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.