Para Costa, PMDB está ´tranqüilo´ sobre formação do governo

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que o PMDB está tranqüilo nas conversas com o Palácio do Planalto sobre a composição do governo no segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "As conversas políticas estão ótimas, sem maiores problemas com o PMDB", disse Costa, que se reuniu nesta manhã com o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro. "O PMDB está muito bem posicionado nas questões todas que são importantes no momento", completou. Segundo ele, a recondução do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) à presidência do Senado está "tranqüila" e na disputa pelo cargo de presidente da Câmara "o PMDB está fazendo o que pode para ajudar".A definição do novo ministério, segundo Costa, virá só depois de decidida a composição das mesas da Câmara e do Senado, provavelmente em fevereiro. "Até mesmo para não criar uma disputa interna nos partidos", avaliou. Ao ser questionado se ele permanecerá no comando do Ministério das Comunicações, Hélio Costa respondeu: "Considero minha posição hoje muito confortável. Cumpri minha missão aqui", disse o ministro, citando os projetos da TV digital e da rádio digital.Ele ressaltou ainda que dois projetos importantes serão implantados neste ano na área das comunicações: o que pretende levar a banda larga para acesso à internet a todos os municípios brasileiros e o que prevê a utilização de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust). "Pela primeira vez vamos conseguir usar os recursos do Fust em larga escala", afirmou. "Minha situação é muito tranqüila", repetiu o ministro. "Por outro lado, o Senado é para mim sempre emocionante", disse Costa, que ainda dispõe de um mandato de quatro anos como senador por Minas Gerais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.