Para Ciro Gomes, Marina será a candidata do PSB

O secretário de Saúde do Ceará, Ciro Gomes, não acredita que o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos seja candidato à sucessão da presidente Dilma Rousseff (PT), em 2014. "Eu não creio que o que está sendo dito seja verdadeiro. O Eduardo percebeu que o egotrip dele e a viagem pessoal ia afundar o partido e ele convidou a Marina para ser candidata e pediu a ela uma transição retórica para preparar esta transição", asseverou Ciro ao recepcionar mais de 300 médicos cubanos, que iniciaram em Fortaleza o treinamento para o programa federal Mais Médicos, no auditório que leva o nome de Ciro, na Escola de Saúde Pública do Ceará.

LAURIBERTO BRAGA, Agência Estado

08 de outubro de 2013 | 17h17

Ciro chamou a atenção de Dilma Rousseff sobre as movimentações dos adversários dela nas eleições de 2014. "Essa nova condição obriga a presidenta Dilma a prestar atenção no serviço. E isso é bom para a política, mas para este gesto surpreendente eu tenho a leitura que Eduardo não é candidato e sim Marina", reafirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo CamposMarinaCiro Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.