Para Ciro Gomes, José Serra é 'ameaça ao Brasil'

Ao desembarcar em Belém, deputado disse que governador irá reproduzir modelo tucano de administração

Carlos Mendes, especial para o Estado,

08 Outubro 2009 | 20h19

O deputado federal Ciro Gomes (PSB) voltou a criticar o governador paulista José Serra (PSDB), a quem classificou como "uma ameaça" para o Brasil. Ao desembarcar na capital paraense nesta quinta-feira, 8, Ciro disse que Serra foi ministro do presidente Fernando Henrique Cardoso por oito anos e candidato à sucessão do próprio FHC para continuar o modelo tucano de administração. Isso, segundo o deputado, "fez muito mal" ao País.

 

Veja Também

linkPSDB estadual classifica propaganda do PT como 'estelionato'

A dívida pública brasileira da era FHC, segundo o deputado, demorou 500 anos para chegar a 38% do Produto Interno Bruto (PIB). Quando o governo acabou, a dívida "explodiu para 78% do PIB". A consequência, continuou o deputado, foi o País ter quebrado por três vezes, as taxas juros terem atingido o mais alto patamar do mundo e a carga tributária, que "pesa sobre quem trabalha e produz", ter pulado de 7% do PIB para 35%.

 

De acordo com Ciro, o desastre não parou por aí. "Eles gastaram US$ 100 bilhões com a reforma, até o ponto em que faltou energia elétrica no país". Esse modelo, em sua opinião, não pode retornar porque colocaria em risco tudo o que já foi alcançado pelo governo do presidente Lula.

 

Perguntado se suas ideias têm algo de diferente em relação ao atual governo, Ciro explicou que muita coisa ainda gira em torno de Lula. O PSB pretende elaborar proposta partidária que teria por objetivo "institucionalizar o avanço generalizado que o país está experimentando". Ciro entende também que é preciso desenhar o futuro do Brasil.

 

"Há críticas às instituições centrais do País. Ela vai da cobrança de uma reforma política à reforma da Previdência e reforma tributária. Há um desenho de infraestrutura e de qual é a matriz do Brasil na relação comercial com outros países. A exportação de manufaturados do país, por exemplo, está caindo", disse o deputado.

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2010 José Serra Ciro Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.