Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Para Ciro, FHC será lembrado como quem quebrou o País

O candidato à presidência pelo PPS, Ciro Gomes, disse hoje que o presidente Fernando Henrique Cardoso é um "fracassado" que será lembrado como o homem que quebrou o Brasil. "Acho que ele será lembrado no exterior como uma pessoa que deu dignidade pessoal ao cargo de presidente da República, como um homem ilustrado, mas aqui será lembrado como o Quércia do Brasil, o homem que quebrou o Brasil", afirmou Ciro, referindo-se à gestão do ex-governador paulista Orestes Quércia.Segundo Ciro, o Brasil, ao longo da gestão FHC, acumulou o maior passivo externo líquido da história e o maior déficit em transações correntes do mundo. "O País, pela segunda vez em três anos, está no FMI, obrigado a produzir um superávit impraticável, enquanto todos os indicadores da miséria aumentam", disse.De acordo com ele, o governo só tem dois ministérios funcionando: o da "plantação" e o da "mistificação". "O ministério da plantação não é o da agricultura, mas das fofocas, onde o próprio presidente se dedica a isso", afirmou, reclamando das intrigas e dos ataques que alegou estar sofrendo dos tucanos, como o de que é um "Collor do B"."Fui o primeiro governador eleito pelo PSDB, fui ministro da Fazenda na fase concreta e grave de implantação do Plano Real e eles só diziam de mim que eu era o garoto prodígio da vida pública brasileira. Agora que eu resolvi, coerente com as idéias do passado que eles traíram, debater uma alternativa, ficam nesse expediente grosseiro e rasteiro", disse.Ciro afirmou que o governo mistifica ao querer que "o ruim seja visto como bom e o péssimo, como melhor", explicando o que chamou de ministério da "mistificação".Resposta do PlanaltoO ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República respondeu, por intermédio de sua assessoria, às declarações de Ciro Gomes. "Ciro é um caso de desespero que se agrava com o destempero. Fracassada é a candidatura dele", afirmou Aloysio Nunes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.