Para Alencar, abertura de arquivos é questão de governo

O vice-presidente da República e ministro da Defesa, José Alencar, disse que a questão da abertura dos arquivos do regime militar não é um tema necessariamente do Ministério da Defesa. "É uma questão nacional de governo", afirmou ele, ao chegar para a segunda etapa da reunião de ministros da Defesa em Quito, no Equador. Segundo Alencar, é um direito das famílias terem conhecimento do fim que tiveram seus familiares. "Mas paralelamente há também muita especulação política em cima disso", observou. Portanto, segundo Alencar "no tempo certo o governo dará condições de que todas essas famílias sejam atendidas". Quanto a resistência das Forças Armadas para a abertura dos arquivos, Alencar disse que o Exército não tem preocupação em relação a isso. "É um período da política brasileira que aconteceu e todos sabem. E não estamos levantando a questão para criar crise. Não queremos criar crises. Queremos resolver todos os problemas do Brasil, sejam políticos, econômicos, sociais", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.