Para Aldo, pesquisa mostra que eleição será equilibrada e disputada

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), avaliou que a pesquisa CNT/Sensus - na qual o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece em melhor posição em todos os cenários - como o registro de um momento na disputa eleitoral, que pode ser mudado. A avaliação mostra cautela do presidente da Câmara com os resultados. Para ele, a pesquisa mostra que as eleições serão equilibradas e muito disputadas, argumentando que o mesmo instituto registrou anteriormente situações mais difíceis para Lula e favoráveis aos adversários."Amanhã as pesquisas podem mudar. Temos de respeitar o resultado, mas levar em conta que a pesquisa é cinzenta e verde é a árvore eterna da vida", afirmou Aldo, referindo-se a uma frase de Johann Wolfgang Goethe sobre teoria e existência usada pelo revolucionário russo Lenin. A metáfora, no livro Fausto de Goethe, de que toda teoria é cinzenta, enquanto a árvore da vida é eternamente verde, foi adotada por Lênin na concepção da teoria da revolução no sentido de que além da vontade dos homens, grupos e partidos, há uma realidade que se impõe. "A pesquisa demonstra um momento de avaliação, mas a vida continua e às vezes altera as avaliações anteriormente pesquisadas", explicou Aldo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.