Para Alckmin, o PT está muito tenso e nervoso

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), reagiu hoje às críticas que vêm sendo feitas por integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT). "O pessoal do PT está muito tenso e nervoso, sem nenhuma razão", disse. Alckmin classificou como totalmente infundados os ataques feitos pela prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, e pelo ministro da Casa Civil, José Dirceu, contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e parlamentares tucano. "São palavras ao vento, sem nenhuma conseqüência e totalmente infundadas", afirmou.O governador participa no início da tarde de hoje da campanha de José Serra à Prefeitura da Capital. Por volta das 13h30, Alckmin, Serra, deputados tucanos e o secretário da Segurança Pública, Saulo de Castro, cumprimentavam passageiros do metrô no saguão da Estação Sé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.