Para Alckmin, eleição municipal tem de priorizar questões locais

Ao contrário do PT, que pretende federalizar as eleições municipais de 2004, o PSDB quer manter a disputa localizada e restrita às cidades. Até o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), que se recusa a antecipar a discussão sobre a sucessão da petista Marta Suplicy, deixa clara a postura tucana, sem fazer críticas diretas à estratégia petista. "O povo, que é sempre muito sábio, mais sábio que suas elites, municipaliza as eleições e prefere discutir as questões locais", avalia. "Não está em discussão nem a eleição federal nem as estaduais, que acabamos de ter."Alckmin disse também que a escolha do candidato do PSDB para disputar a sucessão da prefeita Marta Suplicy (PT) só ocorrerá em 2004. "Sou radicalmente contra antecipar processo sucessório, só se escolhe candidato e se discute eleição em 2004 e, acho que essa é outra lição que o povo nos dá: ele não está interessado em discutir eleição agora", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.