Para Alckmin, depoimento de Waldomiro foi um deboche

O governador Geraldo Alckmin classificou hoje de "deboche e de escárnio à sociedade" o depoimento do ex-assessor da Casa Civil, Waldomiro Diniz, àPolícia Federal, em Brasília, ontem, quando ele se recusou a responder à maioria das perguntas. "Não dizer nada não écomportamento de homem público, é muito triste ver esse tipo de comportamento". Para o governador, toda pessoa pública devese pautar pela transparência e pela prestação de contas e esclarecimentos à sociedade. "Foi realmente muito ruim", resumiu. lckmin, que participou hoje de um evento na Câmara Americana de Comércio (Amcham-SP) ? comentou a confusão do discurso do senador Almeida Lima (PDT-SE) que prometeu vincular Waldomiro ao ministro da Casa Civil, José Dirceu. O mercado financeiro acalmou somente após o início do discurso do pedetista que nada de novo apresentou sobre o caso. "Toda investigação precisa ser feita com serenidade e sem sensacionalismo. Casocontrário, acaba provocando efeitos na economia, com os aproveitadores e especuladores ganhando com as oscilações domercado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.