Valter Campanato/Agência Brasil; Twitter/Reprodução; Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Valter Campanato/Agência Brasil; Twitter/Reprodução; Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Papel do Estado na pandemia é tema de painel na Brazil Conference

Segundo dia de evento terá debate com economistas Ana Paula Vescovi e Laura Carvalho e pela jurista Flávia Piovesan

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2020 | 05h00

Mais ou menos intervenção do Estado? Como proteger o cidadão? E o mercado? Como fica tudo isso em tempos de uma crise como a pandemia do coronavírus? Perguntas como essas serão debatidas pelas quatro integrantes do segundo painel da Brazil Conference a Harvard & MIT nesta quinta, 23. Neste ano, o evento anual promovido pela comunidade brasileira de estudantes em Boston acontece por videoconferência e tem cobertura exclusiva do Estado.

O papel do Estado na pandemia e seus efeitos será debatido a partir das 19h pelas economistas Ana Paula Vescovi e Laura Carvalho, e pela jurista Flávia Piovesan. Ana Paula é economista-chefe do banco Santander e foi secretária-executiva do Ministério da Fazenda durante o governo de Michel Temer (MDB). Também economista, Laura é professora da USP, integrou a equipe econômica de Guilherme Boulos (PSOL) em sua campanha à Presidência em 2018 e é autora do livro "Valsa Brasileira" (Editora Todavia, 2019). Já Flávia é jurista e integra a comissão de direitos humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Acompanhe os painéis da 6ª edição da Brazil Conference at Harvard & MIT no portal estadao.com.br, nas redes sociais Twitter (@estadao) e Facebook e no canal do Estado no YouTube.  

O debate será mediado pela jornalista Flávia Oliveira. "Hoje temos muitos governos conservadores, liberais do ponto de vista econômico, que estão sendo obrigados em razão da gravidade da crise a repensar políticas sociais, subsídios, auxílios, transferência de renda. É uma mudança e uma provocação interessante a ser feita a luz do que está acontecendo", diz.

O painel desta quinta, formado por quatro mulheres, é também uma oportunidade para reforçar a presença feminina nos debates sobre o Estado, diz a mediadora. "É algo que pode mudar a partir dessa nova configuração global, na ordem econômica e sobre a discussão do papel do Estado; talvez uma brecha para o exercício da diversidade, de uma participação feminina mais determinante nas conduções dos destinos da economia e da gestão das nações."

O painel integra uma programação que inclui também debates sobre desenvolvimento econômico, empreendedorismo e startups, desigualdade e política externa. "É preciso fazer um diagnóstico do presente e pensar os caminhos do futuro em nome da democracia e do Brasil", diz Hussein Kalout, pesquisador da Universidade de Harvard e um dos idealizadores da conferência.

Ainda participarão da edição online da Brazil Conference o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), os governadores João Doria (PSDB-SP), Helder Barbalho (MDB-PA) e Renato Casagrande (PSB-ES), e o apresentador Luciano Huck (sem partido), entre outros. A programação completa está disponível no site do Estado.

Para mais informações acesse o site do evento: https://www.brazilconference.org/.

Programação confirmada

23/4 (hoje)

Papel do Estado, às 19h

Qual o papel do Estado no combate aos efeitos da crise atual?

Ana Paula Vescovi, Laura Carvalho, Flavia Piovesan e Flávia Oliveira (moderação)

25/4

Hack Brasil – Competição de startups da Brazil Conference, às 10h; Como parte desse evento, teremos a seguinte sessão

Ambiente de startups no Brasil, às 11h

Mate Pencz (Loft), Luiz Ribeiro (General Atlantic) e Santiago Fossatti (Kaszek, moderação)

27/4

Desigualdade, 19h

Covid-19 e a desigualdade econômica no Brasil

Luciano Huck, Felipe Rigoni e Kátia Maia

28/4

Política Externa, às 19h

Política externa do Brasil: presente e futuro

Aloysio Nunes, Celso Amorim, Celso Lafer, Hussein Kalout, Rubens Ricupero e Vera Magalhães (moderação)

1º/5

Programa de Embaixadores Brazil Conference, às 17h

10 jovens brasileiros com projetos de impacto social selecionados pela conferência serão entrevistados por Pedro Bial

5/5

Como nos tornarmos um Estado reformista?, às 19h

Rodrigo Maia, Paulo Hartung, Marcos Mendes e Eliane Cantanhêde (moderação)

7/5

Os desafios dos Estados na Crise, às 19h

João Doria (SP), Helder Barbalho (PA) e Renato Casagrande (ES) e Andreza Matais (moderação) 

Tudo o que sabemos sobre:
Ana Paula Vescovi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.