Papa visita a cidade de Pompéia

Desafiando os que consideravam terminados os seus dias de viajante, o papa João Paulo II visitou hoje um santuário próximo às ruinas da cidade de Pompéia, onde rezou pela paz mundial. João Paulo viajou durante uma hora de helicóptero, partindo do Vaticano. Em seguida, já a bordo do Papamóvel, o pontífice saudou os peregrinos que lotaram a praça diante do santuário. O papa aparentava cansaço e mostrava um certo esforço ao proferir suas orações. Os cerca de 30 mil peregrinos tentavam animá-lo aplandindo. Pompéia, com seu centenário santuário dedicada ao rosário, é muito querido do Papa, que considera o rosário com uma poderosa forma de oração e instrumento para a evocar a paz. O local recebe quatro milhões de fiéis por ano. A cidade é tranquila e circunda as ruínas da cidade romana de mesmo nome, sepultada pelas cinzas do vulcão Vesúvio, no ano 79 d.C.

Agencia Estado,

07 Outubro 2003 | 10h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.