Papa dá início às cerimônias da Páscoa

O papa João Paulo IIcelebrou hoje na Basílica de São Pedro a missa da Quinta-FeiraSanta, em que é lembrada a Última Ceia de Jesus com seusdiscípulos, dando, assim, início a uma série de cerimônias queculminarão com a missa de Domingo de Páscoa e a benção papalUrbi et Orbi. A celebração foi assistida por grande número dereligiosos, entre eles vários cardeais e bispos. O pontífice pronunciou a homilia com voz forte e clara,mas delegou a dois cardeais a execução da cerimônia de Lavapés,em que são lavados os pés de 12 sacerdotes - um rito quesimboliza a humildade de Jesus ao lavar os pés de seus 12apóstolos. Impedido pelo mal de Parkinson e por problemas em suabacia ilíaca e no joelho, desde 2001 o papa não realiza esseritual. Este ano, coube aos cardeais Joseph Ratzinger e AngeloSodano espargir água benta sobre os pés dos sacerdotes, lavá-lose secá-los. Em seu sermão, o chefe supremo da Igreja Católica disseque o gesto de Jesus tinha por objetivo "inculcar na mente deseus apóstolos o que deveria acontecer dentro em breve". Na sexta-feira à noite, o papa deverá estar à frente daprocissão da Via Crucis no Coliseu de Roma. Ele não carregará acruz, mas dará sua bênção no final da cerimônia. No sábado, ele deverá presidir a vigília pascal e, no domingo,celebrar a missa na Praça de São Pedro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.