Papa beatifica Madre Teresa de Calcutá

Em uma cerimônia que teve a presença de um público recorde de cerca de 400 mil pessoas, o papa João Paulo II beatificou na manhã de hoje a prêmio Nobel da Paz, Madre Teresa de Calcutá, por sua vida dedicada à ajuda aos miseráveis de todo o mundo. Durante a missa do ato, o papa disse que com sua autoridade anunciava que Madre Teresa de Calcutá deverá ser chamada de agora em diante de beata. A Madre Teresa morreu em 1997, aos 87 anos. A cerimônia na Praça de São Pedro foi emocionante para os católicos, disse um jornalista acostumado a cobrir eventos no Vaticano. Madre Teresa, ganhadora do Nobel da Paz em 1979, dedicou a maior parte de sua vida aos pobres e desvalidos de Calcutá, na Índia, junto à ordem das Missionárias da Caridade, fundada por ela.

Agencia Estado,

19 Outubro 2003 | 08h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.