Palocci teve sorte de construir um patrimônio, diz Jobim

O ministro de Defesa, Nelson Jobim, disse hoje que o ministro chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, teve sorte de construir um patrimônio. "Sorte dele, né?", respondeu Jobim, ao ser indagado sobre as denúncias de aumento do patrimônio de Palocci, em 20 vezes, durante os anos de 2006 a 2010.

MARINA GUIMARÃES, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 16h07

Jobim afirmou que Palocci está agindo corretamente. "Ele está fazendo o que tem que fazer. Respondeu à Procuradoria Geral. Isso é normal. Essas coisas têm que ser tratadas com tranquilidade", afirmou.

Ao ser indagado sobre se considera um dever institucional dos ministros de Estado prestar contas de seus patrimônios, Jobim tentou desconversar, dizendo que a pergunta deveria ser dirigida a um ministro do Supremo Tribunal de Justiça. "Eu não sou ministro do Supremo. Eu não tenho patrimônio nenhum (...) Só estou no Governo. Se eu estivesse fora faria algum patrimônio", disse. O ministro argumentou que ficou fora do governo só um ano, advogando, e que as suspeitas contra Palocci são só "fumaça". "Isso tudo é fumaça".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.