Palocci pede afastamento da Casa Civil--nota do ministério

Antonio Palocci pediu afastamento do cargo de ministro-chefe da Casa Civil, em meio às denúncias de suposto enriquecimento ilícito e tráfico de influência enquanto era deputado federal por São Paulo.

REUTERS

07 de junho de 2011 | 18h21

Em nota encaminhada pela Casa Civil, Palocci disse considerar que "a robusta manifestação do Procurador Geral da República confirma a legalidade e a retidão de suas atividades profissionais no período recente, bem como a inexistência de qualquer fundamento, ainda que mínimo, nas alegações apresentadas sobre sua conduta".

O ministro considera, entretanto, "que a continuidade do embate político poderia prejudicar suas atribuições no governo. Diante disso, preferiu solicitar seu afastamento".

Minutos antes do envio da nota pela Casa Civil, uma fonte havia informado à Reuters que Palocci havia pedido afastamento do cargo.

(Reportagem de Hugo Bachega)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICAPALOCCICAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.