Palocci não vai interferir em debate sobre dívida de municípios

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, afirmou hoje que não irá interferir nas discussões que estão sendo travadas sobre a renegociação das dívidas dos municípios. Em entrevista ao programa "Bom Dia Brasil", da TV Globo, Palocci ponderou que as discussões sobre o assunto, intensificadas nas últimas duas semanas, são, até agora, um "debate de candidatos" às prefeituras. Por isso, Palocci acredita que não cabe ao Ministério da Fazenda interferir nas discussões."Não cabe ao ministro da Fazenda interferir no debate dos candidatos. Vamos deixar eles debaterem, o povo escolher e depois vamos dialogar sobre essa questão e tantos outros assuntos", disse.Palocci buscou deixar claro que a questão de uma possível renegociação das dívidas municipais não deve ser o tema principal da relação entre as prefeituras e o governo federal. "Não devemos olhar somente a questão da dívida dos municípios e suas dificuldades", disse.Para o ministro, as grandes cidades, como São Paulo, Recife ou Salvador, devem ser vistas como grandes aglomerados urbanos, que exigem, portanto, investimentos e um acompanhamento tanto do governo federal quanto dos Estados. "Esse acompanhamento é mais importante do que a questão das dívidas", salientou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.