Palocci não pode exigir silêncio sobre política econômica, diz Wagner

O ministro-chefe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, Jaques Wagner, disse hoje que oministro da Fazenda, Antônio Palocci Filho, não pode exigir silêncio sobre a política econômica e considerou ?natural? a nota doPT divulgada na sexta-feira, cobrando mudanças na condução do ajuste. ?Se o Palocci acha que opera melhor sem queninguém fale, isso é um desejo dele, mas a vida não é só desejo, não se vive de sonhos?, afirmou o ministro quando admitiu quena reunião de quinta-feira do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social o cenário macroeconômico também será debatido,embora o tema oficial da reunião seja as medidas de política industrial.A declaração de Wagner, feita pouco depois da reunião de coordenação política com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva,agrava o nível de tensão dos últimos dias no Planalto e dá nitidez à divisão dentro do governo em relação a condução da políticaeconômica. Ele mesmo admitiu que o presidente Lula não fez qualquer recomendação para evitar o debate econômica nareunião do Conselho e informou o limite imposto por Lula. ?O presidente não quer uma claque?. O ministro admitiu asdivergências de opinião no governo, em relação a política econômica, mas afirma que ? a riqueza do time de governo éjustamente a sua pluralidade. ?Se fosse um samba de uma nota só, seria uma pobreza?, comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.