Palocci entrega explicações à Procuradoria da República

A assessoria de imprensa da Casa Civil confirma que foi protocolado hoje à tarde na Procuradoria-Geral da República ofício com as explicações do ministro Antonio Palocci sobre sua evolução patrimonial. O ministro teria até o dia 4 de junho, próximo sábado, para entregar os documentos.

VANNILDO MENDES E AYR ALISKI, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 19h38

Na sexta-feira passada, dia 20, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pediu explicações formais ao ministro Palocci, movido por representações dos partidos de oposição - PSDB, PPS, DEM e PSOL - sobre o caso.

Nas representações, a oposição cita reportagem do jornal Folha de S.Paulo, que revela que o chefe da Casa Civil teve seu patrimônio aumentado em 20 vezes durante um período de quatro anos - 2006 a 2010 -, quando ainda exercia o mandato de deputado federal. A Casa Civil informou, por meio da assessoria de imprensa, que não vai comentar nem divulgar o conteúdo das explicações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.