Palocci desmente declaração de motorista à CPI dos Bingos

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, voltou a desmentir, nesta quarta-feira, que alguma vez tenha estado em uma casa alugada no Lago Sul, em Brasília, por seu ex-assessor na prefeitura de Ribeirão Preto Vladimir Poletto, na qual se reuniam atuais e ex-assessores do ministro. O desmentido foi obtido pelo senador Tião Viana (PT-AC), que ligou diretamente da CPI dos Bingos para a Fazenda, logo depois que, em depoimento na comissão, o motorista Antonio das Chagas Costa disse que Palocci esteve, sim, naquela casa. A assessoria de Palocci fez imediatamente contato com ele, em Londres, onde o ministro se encontra, obtendo o desmentido, que Palocci já havia feito pessoalmente, quando depôs na CPI dos Bingos.Em seu depoimento desta quarta-feira à CPI dos Bingos, Antonio das Chagas Costa, que trabalhou para os integrantes da chamada República de Ribeirão Preto em 2003 e 2004, disse que viu Palocci na casa em três ocasiões, mas que o ministro não comparecia às festas noturnas que eram realizadas no local, com a participação de moças contratadas pela promotora de eventos Jane Mary Corner.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.