Palocci desiste de ser suplente de Marta

O deputado federal e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci (PT-SP) anunciou hoje ao presidente estadual do PT, Edinho Silva, que desistiu de ser suplente de Marta Suplicy na disputa por uma vaga ao Senado. "Ele (Palocci) me ligou e disse que agradecia o convite, mas que não será suplente", disse Edinho à Agência Estado.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 20h02

Com a saída do parlamentar, a vaga de suplente de Marta será indicada pelo PR, um dos partidos que integram a aliança encabeçada pelo PT de São Paulo, que no sábado lançará o senador Aloizio Mercadante candidato a governador. "O nome ainda não foi definido", disse Edinho.

Palocci ainda não definiu se será candidato à reeleição a deputado federal ou se concentrará os esforços na campanha de Dilma Rousseff (PT) à sucessão presidencial. Coordenador da campanha de Dilma, Palocci deve ter uma reunião entre amanhã e sábado como lideranças do PT na região de Ribeirão Preto (SP), sua base eleitoral, para anunciar seu futuro político.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.