Palocci, Bastos e Mattoso chamaram advogado para tirar dúvidas

O advogado Arnaldo Malheiros, que esteve presente no encontro do Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, com o então ministro da Fazenda, Antônio Palocci, e Jorge Mattoso, ex-presidente da Caixa Econômica Federal, afirma que compareceu à reunião apenas para esclarecer dúvidas dos participantes.O evento ocorreu uma semana após a violação das contas do caseiro Francenildo dos Santos. Segundo Arnaldo Malheiros, ninguém o consultou para estabelecer estratégias de defesa.Em entrevista à Rádio Eldorado, o advogado criminalista negou que tenha havido qualquer tipo de pagamento para um funcionário da Caixa Econômica assumir a quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo. Malheiros ressaltou que soube da denúncia de suborno através da imprensa.O advogado disse que não precisaria ir a Brasília para dar orientações jurídicas a Antônio Palocci. Para Arnaldo Malheiros, o próprio Ministro da Justiça ou alguém ligado ao PT seria mais apropriado para a situação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.