Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Palocci ameniza polêmica de Alencar sobre juro e faz elogios

Após a polêmica sobre os níveis dos juros no Brasil, o vice-presidente José Alencar e o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, foram só elogios após um encontro que durou cerca de uma hora e meia no Palácio do Planalto. O ministro da Fazenda fez questão de elogiar o vice-presidente e disse que não considera as palavras de Alencar sobre a elevada taxa de juros no país como críticas, "mas como contribuições para o debate que é necessário para o país": "O Brasil enfrentou dificuldades extraordinárias. Todos sabem que na transição tivemos uma economia com inflação explosiva e com dívida insustentável. Isso nos obriga a fazer uma gestão austera da economia", justificou o ministro.Ele fez questão de ressaltar que esta gestão austera da economia tem "como norte o crescimento do País, da economia e do emprego", que é, segundo ele, o que os brasileiros esperam - "tanto eu como um brasileiro, quanto o José Alencar como um grande brasileiro". Ele disse que admira muito o vice-presidente e que Alencar tem sido importante para o governo, somando esforços para "o grande desafio do crescimento que o Brasil tem nesse momento". Palocci afirmou que teve uma extensa e "agradabilíssima" conversa sobre as necessidades de crescimento e desenvolvimento do país com Alencar e acrescentou "juro que juros não foi o assunto principal". Palocci não respondeu, no entanto, à pergunta sobre quando os juros vão poder cair.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.