Palanque desaba e fere 16 em Betim

A queda de parte do palanque reservado às autoridades e convidados que acompanhavam as comemorações do dia 7 de Setembro marcou o final do desfile em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Das cerca de 80 pessoas que estavam no palanque, 16 sofreram ferimentos leves e foram levadas para o Hospital Regional de Betim.Apesar do susto, os integrantes do secretariado do município e das Forças Armadas, além de candidatos ao legislativo estadual e do prefeito Carlaile Pedrosa (PSDB), que também estava no palanque no momento do acidente, não sofreram ferimentos.O palanque foi montado na avenida Amazonas, 1.070, no Centro de Betim. De acordo com a Polícia Militar, a estrutura tinha capacidade para receber 100 pessoas e, na hora do acidente, comportava apenas 80. Mas com o vento e a chuva forte as pessoas se concentraram mais ao centro do palanque para não se molhar.Por volta das 11h30, quando restavam mais duas escolas para desfilar, a parte central da estrutura se rompeu, provocando o acidente. As causas do acidente serão conhecidas após o trabalho da perícia.Dos 16 feridos, 14 deram entrada no hospital de pronto-socorro e foram liberados após o atendimento. Matheus Resende e Márcio Henrique da Silva bateram a cabeça e permanecem no hospital em observação.O desfile de 7 de Setembro em Betim contou com a participação de 2.500 integrantes e foi acompanhado por um público de cerca de 5 mil pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.