Palanque cai durante discurso de Yeda no RS

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), tomou um susto em pleno ato da agenda positiva que tenta construir com visitas e inaugurações de obras. Desta vez não foi uma denúncia de irregularidade, pedido de impeachment ou tentativa de criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), como a oposição tem feito nas últimas semanas, mas um quase acidente. A tucana discursava hoje na cerimônia de inauguração de uma rodovia estadual em São Valentim, no norte do Estado, quando as tábuas do palanque cederam. Embora perdesse o equilíbrio, Yeda não chegou a cair.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 19h52

Amparada, a governadora saiu do palco no colo de um policial militar e retomou o discurso em terra firme. Ela prometeu seguir inaugurando estradas desde que nenhuma "hecatombe" aconteça. Como está conseguindo investir com recursos próprios, depois de três décadas de déficits orçamentários, o governo do Estado vem apostando na exibição de suas obras, sobretudo no interior, como antídoto para a série de notícias negativas das últimas semanas.

Tudo o que sabemos sobre:
acidentepalanqueYedaRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.