Palácio do Planalto será entregue reformado na 2ª feira

As obras de reforma do Palácio do Planalto serão entregues na segunda-feira para a Secretaria de Administração da Presidência, vinculada à Casa Civil, com atraso de pelo menos dois meses. A ideia inicial é que as obras fossem concluídas até 30 de março, para que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pudesse voltar para o seu gabinete no dia 21 de abril, aniversário de 50 anos de Brasília.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

28 Maio 2010 | 20h31

Apesar de as obras, oficialmente, serem entregues na segunda, o presidente Lula deverá demorar a se mudar. A ideia inicial é que a mudança do seu gabinete seja feita no período em que Lula estiver em seu périplo na África, a partir do dia 4 de julho, de forma que, em 12 de julho, quando retornar ao Brasil, possa chegar e já se instalar no novo gabinete. Até lá, todas as outras secretarias e ministérios que continuarão a funcionar na sede do Planalto serão transferidos.

O presidente já havia avisado que só quer se mudar para lá quando tudo estiver em pleno funcionamento. Até lá, a sede do governo continuará a funcionar no Centro Cultural do Banco do Brasil, como está há mais de um ano. Até agora, segundo o governo, foram gastos R$ 96 milhões com as obras de reforma do Planalto.

Mais conteúdo sobre:
Palácio do Planalto reforma entrega Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.