País não se ajoelhou na crise como fazia, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff afirmou há pouco que nos governos do PT o Brasil "não se ajoelhou" na crise financeira mundial como ocorreu em períodos de turbulência econômica no passado, quando o País era administrado pela oposição.

RICARDO DELLA COLETTA E RICARDO BRITO, Agência Estado

21 Junho 2014 | 14h17

Em seu pronunciamento na convenção nacional do PT, Dilma disse que no passado o Brasil se defendia de crises econômicas de uma forma "perversa" - com medidas de austeridade, como aumento dos juros e arrocho salarial -, enquanto que na atual o País soube defender o emprego e o salário do trabalhador. "Eles alienavam o nosso futuro", concluiu a presidente.

A convenção nacional do PT, que ocorre neste momento em Brasília, oficializou a indicação do nome de Dilma para disputar um segundo mandato como presidente da República.

Mais conteúdo sobre:
Eleições Convenção PT Dilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.