Painel da Câmara sofre apagão no momento do resultado

A votação do projeto que altera a legislação trabalhista na Câmara chegou a um impasse porque, no momento em que o presidente da Câmara, Aécio Neves encerrou a votação, com 463 deputados em plenário, e acionou o painel eletrônico para a apresentação do resultado, o sistema não funcionou. Imediatamente, líder do PT, Valter Pinheiro (BA) apresentou questão de ordem à mesa mostrando que o regimentoestabelece, neste caso, a votação nominal por chamada de deputados no plenário. Aécio acatou a questão de ordem proposto pelo petista e a votação será por chamada nominal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.