Pagot deixou carta para Dilma antes de anunciar saída

O ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antonio Pagot esteve hoje, por volta das 11 horas, no Palácio do Planalto, antes do anúncio de seu pedido de demissão. Ele se encontrou com o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e lhe entregou uma carta de despedida do cargo a ser repassada para a presidente Dilma Rousseff.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

25 de julho de 2011 | 19h02

A correspondência foi encaminhada imediatamente ao gabinete da Presidência e a Secretaria Geral não irá divulgar o conteúdo da carta. Pagot comunicou que estava deixando o cargo por volta do meio-dia, o que foi em seguida confirmado pelo Ministério dos Transportes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.