Padilha: 'orgulho' por ser citado para governo de SP

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse na noite desta terça-feira sentir orgulho ao ver seu nome ser lembrado como um dos possíveis candidatos do PT ao governo do Estado de São Paulo. "É lógico que é sempre um orgulho, sempre nos deixa bastante animados quando pessoas, companheiros não só do PT, mas de outros partidos e da sociedade, citam meu nome como um possível candidato. Acho que sempre dá orgulho", disse.

GUILHERME WALTENBERG, Agência Estado

11 Junho 2013 | 20h37

Padilha, no entanto, negou que esteja pensando em eleições e voltou a dizer que o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, é o "nome natural" do PT na disputa estadual em 2014. "Acho que tem excelentes nomes em discussão (no PT), o nome do ministro Mercadante, e sempre disse que é o candidato natural do PT em São Paulo", afirmou.

O ministro afirmou que, independente de quem for o escolhido em seu partido para disputar a sucessão do governador Geraldo Alckmin (PSDB), terá o seu apoio. "Quem for o indicado do PT para ser candidato a governador de São Paulo vai ter esse ministro da Saúde não só trabalhando para melhorar a saúde no País, mas também no fim de semana como companheiro que vai ajudar o PT a ganhar no Estado de São Paulo", afirmou o ministro durante cerimônia de inauguração do Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes, no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
eleições 2014Padilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.