Padilha deixa hoje oficialmente o Ministério dos Transportes

O ministro dos Transportes, Eliseu Padilha, deixa o cargo hoje para se dedicar à articulação política dentro do PMDB, para reforçar a candidatura do senador Pedro Simon, nas prévias do partido que vão escolher o candidato à sucessão presidencial. Padilha transmitirá o cargo ao atual secretário-executivo do Ministério, Alderico Lima. Segundo informações da assessoria de imprensa do Ministério, Eliseu Padilha ocupou o cargo durante quatro anos e seis meses e foi o 118º a assumir a pasta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.