Ouça trechos do pronunciamento de Jader no Senado

No pronunciamento que fez no plenário do Senado, o presidente daquela casa e do PMDB, senador Jader Barbalho (PA), negou que tenha participado de qualquer acordo para influenciar a decisão do Conselho de Ética que vai julgar os senadores Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) e José Roberto Arruda (sem partido-DF), pela violação do painel de votação eletrônica do Senado. Jader também autorizou previamente o Supremo Tribunal Federal (STF) a instaurar processo contra ele, se alguém formalizar uma denúncia contra sua pessoa junto à Procuradoria Geral da República. Ele pediu que se alguém tiver denúncia a fazer contra ele que o faça, sob pena de incorrer em omissão. 16h42 - Jader nega tentativa de acordo com ACM 16h44 - Jader pede que denúncias sejam formalizadas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.