Otávio Leite abordará o mensalão no horário eleitoral

Candidato tucano afirma que o julgamento será 'elemento de politização e ideologização do debate eleitoral'

Antonio Pita e Luciana Nunes Leal, de O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2012 | 19h31

Embora ainda não saiba como levar o tema para a TV, o candidato do PSDB à Prefeitura do Rio, deputado Otávio Leite, diz que vai abordar o mensalão no programa eleitoral gratuito, que começa em 21 de agosto. "O julgamento vai ser um elemento de politização e ideologização do debate eleitoral deste ano, ainda mais no Rio que tem forte característica de politização dos temas nacionais", diz Otávio.

Coordenador do programa tucano, o produtor Julio Uchôa, que tem no currículo, entre outros, o filme Chico Xavier e a série As brasileiras, diz que o programa vai destacar Otávio Leite como o "candidato ficha limpa, com vinte anos de cargos eletivos" e estimular o eleitor a comparar biografias. "Não vamos acusar ninguém, mas vamos dizer à sociedade: 'analise, confira, pesquise, descubra quem são os candidatos e que alianças eles representam'. Há um desejo muito grande de que o julgamento dê resultado", diz Uchôa. O programa de Otávio Leite terá pouco menos de três minutos e meio.

Os demais candidatos de oposição ao prefeito Eduardo Paes (PMDB) descartaram a possibilidade de usar o mensalão em seus programas de TV.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012RjOtavio LeitePSDB-RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.