Os problemas de Lula, segundo Thomas Skidmore

O historiador americano Thomas Skidmore está cético com relação à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, à Presidência da República. "Ele tem a imagem de perdedor e problemas com a economia ortodoxa", resumiu Skidmore, em entrevista ao programa ?Bom Dia, Brasil?, da TV Globo, referindo-se às três últimas derrotas de Lula, como candidato à Presidência, e às últimas declarações contrárias às exportações. O brasilianista participará hoje do 2º Fórum sobre Desenvolvimento, promovido pelo Banco Mundial, quando falará sobre a distribuição de renda no Brasil. Para Skidmore, o Brasil é um mau distribuidor de renda. Ele citou, como exemplo, a aposentadoria do setor público "que tira dos pobres para pagar os ricos". Na opinião do historiador, se Lula for confirmado como sucessor de Fernando Henrique Cardoso essa questão dificilmente será resolvida, "porque ele defende interesses corporativistas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.