Ornélas lamenta demissão de secretária

O senador Waldeck Ornélas (PFL-BA), ex-ministro da Previdência, classificou como "um claro retrocesso" a demissão da secretária de Previdência Complementar, Solange Paiva Vieira, decidida pelo atual ministro da Previdência, Roberto Brant. Segundo o ex-ministro, lei recentemente sancionada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso requer transparência dos fundos de pensão, e exige a prestação de informações aos participantes. Informações estas que, segundo o ministro, os fundos sonegam. "Falta firmeza ao governo, que dá um passo para frente e dois para trás", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.