Orlando Pessuti nomeia equipe de transição no Paraná

A equipe de transição no governo do Paraná, que começará a trabalhar no dia 3 de novembro, já está formada. O governador Orlando Pessuti (PMDB) assinou decreto nomeando os cinco integrantes de seu governo que vão se reunir com cinco indicados pelo governador eleito, Beto Richa (PSDB). Foram nomeados os secretários Allan Jones (Planejamento), Ney Caldas (Casa Civil), Maria Marta Lunardon (Administração) e Cícero Gonçalves Oliveira (Controle Interno), além do técnico da Secretaria da Fazenda César Ribeiro Ferreira.

EVANDRO FADEL, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 16h53

Pelo decreto, a equipe indicada pelo futuro governador "terá acesso às informações relativas às contas públicas, aos programas e projetos do governo". Os pedidos sobre as informações, no entanto, deverão ser formulados por escrito e encaminhados ao coordenador da equipe de transição, Allan Jones. Ele procurará o órgão e entidade do governo para que forneça o que foi pedido.

Richa já havia indicado os integrantes de sua equipe dois dias após o primeiro turno das eleições: o secretário de Planejamento de Curitiba, Homero Giacomini, o secretário municipal de Finanças, Luiz Eduardo Sebastiani, o secretário municipal de Abastecimento, Norberto Ortigara, o ex-procurador-geral do município Ivan Bonilha e o ex-secretário de Comunicação da prefeitura Deonilson Roldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.